Sexta, 24 Março 2017 17:12

Dicas para Instalar Sistema de Câmeras IP

Avalie este item
(0 votos)
Ao instalar um sistema de câmeras de segurança em ambientes comerciais ou mesmo residenciais utilizando tecnologias digitais de TCP/IP e PPOE é muito comum termos dúvidas, pois o que parece simples, muitas vezes se torna bastante complexo e podemos nos enrolar até mesmo no material que vamos precisar para efetuar os serviços.
 
Portanto, não devemos ignorar as dúvidas e sim procurar as respostas para que tenhamos sucesso nas instalações das câmeras IP. Os questionamentos mais comuns são:
 
- Será que vou precisar de uma rede ou link dedicado só para o sistema de câmeras de segurança?
- De quantas câmeras de segurança vou precisar para monitorar esse ambiente?
- Vou precisar ter quanto de velocidade de internet para minha rede?
- Quantos dias de gravação eu tenho que ter na minha rede?
- Qual o tamanho do disco rígido HD para armazenar as imagens?

As respostas para essas questões são relativamente simples. Primeiramente temos que estruturar uma rede somente para as câmeras IP porque dependendo da quantidade e da resolução, o tráfego será alto pensado e por isso, não recomendamos que as câmeras IP sejam vinculadas a mesma rede de trabalho.
 
Existe no mercado, fabricantes de câmera IP com resolução de 1920X1080, essas já são consideradas FULLHD e quando suas imagens atingirem um frame de 0~30 por segundo causará facilmente um congestionamento na rede de trabalho.
 
Para melhor esclarecer suas dúvidas, separamos algumas dicas fundamentais para montar e estruturar um sistema de vídeo e monitoramento eficiente para ambientes comerciais ou residenciais.
 
#1 Dica Infraestrutura de Rede e Cabeamento

O tráfego de vídeo é um dos mais sensíveis a perda de comunicação, ou seja, não há como retransmitir dados de vídeo sem afetar a qualidade do material final, isso também ocorre com a transmissão de voz.
Nossa dica e recomendação é que a infraestrutura de cabeamento de rede e dados seja montada, estruturada com materiais de qualidade e que não seja instalada junto à infraestrutura de rede elétrica e motores elétricos, pois podem causar interferências eletromagnéticas sobre o cabeamento da rede dados. A instalação da infraestrutura deve respeitar as normas para sistemas de rede, conforme norma NBR14565.
 
#2 Dica Switch

O Switch, é o equipamento que interligará as câmeras aos servidores e às estações de monitoramento, ela deve possuir capacidade de processamento de dados adequada ao fluxo que a rede da câmera vai gerar.  Esta preocupação com a capacidade de processamento de pacotes de dados se deve ao fato de que tráfego de dados de uma rede de câmeras é constante e, por isso, o Switch deve estar preparado para processar esses pacotes.
 
#3 Dica Câmera IP

Não necessariamente a câmera mais cara costuma ser a melhor, no nosso ponto de vista, temos que escolher uma câmera que nos atenda e que tenha os recursos que precisamos. Hoje no mercado temos muitos modelos e não precisamos escolher sempre a mais cara, mas sim a que atende nosso projeto.
 
Fonte: guiadecftv.com.br
 
Lido 944 vezes